sexta-feira, 28 de abril de 2017

Governador Flávio Dino lança programa ‘Ensinar’ para formação de professores da Educação Básica

Mais uma ação importante de fortalecimento da educação no Maranhão foi lançada, nesta quinta-feira (27), com a implementação do Programa ‘Ensinar’. Idealizado pela Universidade Estadual do Maranhão (Uema) e lançado pelo governador Flávio Dino em solenidade no Palácio dos Leões, o programa pretende ampliar a qualificação dos professores da rede pública de ensino e também assegurar a preparação de novos professores.

O objetivo é formar, nesta primeira fase, 1.260 professores para o exercício da docência na Educação Básica, nos cursos de Ciências Biológicas, Matemática, História, Geografia, Letras, Línguas Portuguesa, Inglesa e Literatura e Pedagogia. E será executado, inicialmente, em 12 municípios e chegará, em breve, segundo o governador Flávio Dino, em tantos outros. A finalidade é única: melhorar os índices educacionais do estado.
“A Uema tem uma tradição na formação de professores e esta é uma iniciativa que se insere nesse conjunto de políticas e ações que, hoje, o Governo implementa para termos uma educação melhor. A formação dos professores é um grande passo para isso, já que nós temos, hoje, 50 mil professores da rede estadual e das redes municipais, direta ou indiretamente, recebendo ações de formação por intermédio do Governo do Estado e esse programa é um passo a mais nesse caminho de uma educação melhor”, destacou o governador Flávio Dino.
O reitor da Uema esteve no evento e explicou que a instituição chega, por meio do ‘Ensinar’, na quarta geração de programas de formação de professores, mantendo a tradição. Estando, com este, em consonância com as políticas públicas definidas pelo Governo do Estado. “Participamos da crença de que uma educação melhor e mais inclusiva parte de um processo de qualificação consistente dos docentes. Então, a Uema, que tem forte tradição de formar professores, principalmente, no processo de interiorização, dá início ao programa ‘Ensinar’ que vem somar com os esforços do Governo do Estado, com programas como o Escola Digna, Bolsa Escola, programa de valorização dos professores, e, com isso, melhorarmos ainda mais os indicadores educacionais do Maranhão”, defendeu Gustavo Costa.
O público alvo do programa serão professores das redes de ensino que não tenham a formação em nível superior, além dos egressos do ensino médio da comunidade em geral. Os municípios contemplados são Codó, Carutapera, Colinas, Coelho Neto, Brejo, Governador Nunes Freire, Itapecuru, Lago da Pedra, Pastos Bons, Santa Inês, Tutóia e São Mateus – em seis desses municípios, os que não tem campus da Uema, foi assinado parceria para que as aulas sejam oferecidas em espaços cedidos pelo município.
Em São Mateus, a chegada da formação fortalecerá, também, de acordo com o prefeito da cidade, Miltinho Aragão, os municípios vizinhos. “É importantíssimo não só para a cidade, como para região. Estamos muito contestes por receber esse polo e essa ação demonstra, mais uma vez, a preocupação do governador Flávio Dino para, em diversos ângulos, tratar a educação com seriedade. Isso reflete na sala de aula, em toda a rede municipal, motiva os educadores a se qualificarem e eleva, com certeza, os indicares como um todo na área da educação”, defendeu o gestor municipal.
Edital
O governador Flávio Dino ainda laçou o edital de seleção de candidatos para concorrer às vagas do programa. A previsão para início das aulas será agosto de 2017 e término no segundo semestre de 2021. A intenção é que até 2018 sejam abertas 3 mil vagas, e alcance 18 municípios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário